quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Quem vós sois, Crente ou Discípulo?


"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim". Gálatas 2:20


Todo discípulo é um crente, mas nem todo crente é um discípulo. Sabe por quê?



O crente espera pães e peixes; o discípulo é um pescador.
O crente luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se.
O crente se ganha; o discípulo se faz.
O crente depende dos afagos de seu pastor; o discípulo está determinado a servir a Deus.
O crente gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo.
O crente entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.
O crente cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário.
O crente precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.
O crente espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é solícito em assumir responsabilidades.
O crente reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.
O crente é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé.
O crente exige que os outros o visitem; o discípulo visita.
O crente busca na palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra.

O crente pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.
O crente se senta para adorar; o discípulo anda adorando.
O crente pertence a uma instituição; o discípulo é uma instituição em si mesmo.
Para o crente, a habitação do Espírito Santo em si é sua meta; para o discípulo, é meio para alcançar a meta de ser testemunha viva de Cristo a toda criatura.
O crente vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica.
Os crentes aumentam a comunidade; os discípulos aumentam as comunidades.
Os crentes foram transformados pelo mundo; os discípulos transformaram, transformam e transformarão o mundo.

Os crentes esperam milagres; os discípulos os fazem.
O crente velho é problema para a igreja; o discípulo idoso é problema para o reino das trevas.
Os crentes se destacam construindo templos; os discípulos se fazem para conquistar o mundo.
Os crentes são fortes soldados defensores; os discípulos são invencíveis soldados invasores.
O crente cuida das estacas de sua tenda; o discípulo desbrava e aumenta o seu território.



Com estas palavras, sugiro que você seja lembrado como servo de Deus fiel que fez Sua vontade, levando muitos aos crescimento espiritual e a edificação na Palavra da Verdade.


"Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista(Gerador de Discípulos), cumpra plenamente o seu ministério." 2º Timóteo 4.5 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Edificação

"Ora, Como recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim andai Nele, Nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruído, crescendo em ações de graças" Colossenses 2:6-7

                                                                                                                                        

1- LER E OUVIR A VERDADEIRA PALAVRA

Nesse texto trocando-se "em miúdos",  fala-se em se edificar em Cristo, prestar atenção ao que se escuta por aí para não ser levado por falsas doutrinas e o irmão Paulo desejava um progresso espiritual dos colossenses, queria que eles estivessem alicerçados não só na letra, ao que a lei mandava, mas que suas mentes estivessem em Jesus. 


Nos dias de hoje existem pessoas que são escravas da religião, em detrimento ao cumprimento da verdadeira Palavra de Deus e, temos como exemplo as religiões que levam ao autoflagelo, que teve início como uma cura para as desgraças do mundo, pode? Será que Jesus morreu na cruz do calvário para nos cobrar ainda penitências? Ouvimos também sobre alguns líderes religiosos que urinam em locais para demarcar seu espaço. Muitos líderes religiosos ditam regras que não estão na bíblia, que é o nosso guia de conduta e prática e, se aproveitam de pessoas que não conhecem a palavra de Deus, para ditarem suas próprias regras. Portanto, somente lendo a verdadeira palavra de Deus, não seremos enganados.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O governo do Justo: Uma necessidade urgente para os dias de hoje.

"Quando o Justo governa o povo se alegra, mas quando o ímpio domina o povo geme.” Provérbios 29:2

Em palavras claras, JUSTO é quem passou pelo lavar e regenerar do poder do Espírito Santo. JUSTO é quem foi resgatado do império do mal, e hoje está presenciando as delícias do ambiente onde a glória do Senhor é abundante; JUSTO é quem morreu com Cristo na cruz, seus pecados foram perdoados e a dívida que tinha com Deus foi cancelada. 

JUSTO é quem hoje participa das conquistas do poder da ressurreição de Cristo, e desfruta da nova vida, onde as coisas antigas passaram e tudo se fez novo. O JUSTO é uma nova criatura; livre do domínio da maldade do mundo, curado de todas as feridas e traumas do passado; liberto do inimigo e de seus planos.