sábado, 28 de dezembro de 2013

TEMPOS MAUS


 


 Portanto, o que for prudente guardará silêncio naquele tempo, porque o tempo será mau (Amós 5.13).

A prudência é uma virtude que nos faz ver o perigo e afastar-nos dele. Os tolos vêem o que o inimigo lhes está preparando, mas não se desviam (Provérbio 14.16). Há um período para guardar silêncio, e são poucos os que o fazem. Fechar a boca no tempo mau  é a recomendação dos Céus. Diante de um ataque do adversário, devemos apenas falar o que nos foi concedido pelo Espírito do Senhor, por meio das Escrituras.


Se há algo que precisamos buscar de Deus é a prudência. Com ela, conseguimos perceber os perigos e evitá-los (Provérbio 27.12).

São muitas as ciladas que o adversário arma diante de nós, pois, para ele, o que interessa é a nossa destruição. Ele se  ressente da nossa posição em Cristo, de termos sido feitos filhos de Deus e sermos herdeiros Seus e co-herdeiros com Cristo. O  diabo sabe o que nos está preparado e o que seremos por toda a eternidade.


Informações básicas do Pentateuco



 
 

  Gênesis (“origem” ou “princípio”):

-       Para quem foi escrito este livro?  Para os israelitas.
-       Por quem foi escrito (autor)?      Moisés.
-       Em qual momento histórico?      Antes da entrada de Israel na terra prometida.
-       Por que este livro foi escrito?     Porque os israelitas precisavam ser preparados para entrar na terra prometida e nas promessas da aliança.
-       Para quê este livro foi escrito?   Para incentivá-los a confiar somente em Deus (Criador dos céus e da Terra) e a se manterem fiéis à aliança que Ele fez com Abraão (observando seus estatutos e mandamentos).

   Êxodo (“saída” ou “partida”) – Também é chamado de “O Livro da Aliança”:

-       Para quem foi escrito este livro?  Para os israelitas.
-       Por quem foi escrito (autor)?      Moisés.
-       Em qual momento histórico?      Antes da entrada de Israel na terra prometida.
-       Por que este livro foi escrito?     Porque os israelitas precisavam ser preparados para entrar na terra prometida e nas promessas da aliança.
-       Para quê este livro foi escrito?   Para orientá-los a adorar somente a Deus (que os libertou do Egito e os conduziu pelo deserto); para especificar os termos do relacionamento entre o Deus santo e o seu povo; e, para preservar por escrito as palavras da aliança.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Pastor Silas Malafaia comemora “sepultamento” do PL 122 e Jean Wyllys lamenta

Após o apensamento do projeto de lei 122/2006 ao projeto do Novo Código Penal por parte dos senadores, o consenso geral entre favoráveis e contrários é de que a proposta da ex-deputada federal Iara Bernardi foi “sepultada”.
Através do Twitter, o pastor Silas Malafaia – um dos líderes evangélicos que mais se opôs ao PL 122 – comemorou abertamente a conquista e agradeceu o empenho dos parlamentares da bancada evangélica, como o senador Magno Malta (PR-ES), que influenciou a tomada de decisões dos demais parlamentares.
“PLC 122 acaba de ser enterrado no Senado. A Deus seja a glória. Parabéns aos senadores Renan Calheiros, Magno Malta, Lindberg Farias e outros. Não adianta chorar ou xingar o PLC 122 foi para o ‘espaço’. Nada de privilégios para ninguém. Homo, hetero, religioso ou não, lei é pra todos [...] Vitória do povo de Deus que esta aprendendo a usar os direitos da cidadania.Valeu o bombardeio de emails para os senadores. Ainda tem mais [...] 7 anos de lutas incluindo processos, calúnias, difamação e etc. Vitória da família, bons costumes e da criação pela qual Deus fez o homem. Ainda tem muita coisa que precisamos estar atentos. São mais de 800 projetos no Congresso para destruir os valores cristãos. Não vão nos calar”, escreveu o pastor em seu perfil.